Ir para o conteúdo

Prefeitura de Wenceslau Braz - MG
Acompanhe-nos:
Rede Social Facebook
Notícias
Enviar para um amigo!
Indique essa página para um amigo com seus dados
Obs: campos com asterisco () são obrigatórios.
Enviando indicação. Por favor, aguarde...
AGO
31
31 AGO 2021
ATUALIDADES
PREFEITO PARTICIPA DE ENCONTRO COM GOVERNADOR ZEMA SOBRE INDENIZAÇÃO POR TRAGÉDIA
enviar para um amigo
receba notícias
PROCESSANDO ÁUDIO
Projeto de Lei 2.508/21 aprovado pela Assembleia Legislativa de Minas Gerais (ALMG) em 15 de  julho visa garantir a destinação de R$ 1,5 bilhão para todos os 853 municípios mineiros, equivalente indenizatório pela tragédia de Brumadinho.
O prefeito de Wenceslau Braz, Edvaldo Bitencourt esteve na capital Belo Horizonte onde, nesta segunda-feira (30 de agosto) participou de encontro, juntamente com outros prefeitos mineiros, com o governador Romeu Zema. Na ocasião, foi apresentada a prestação de contas dos 1,5 bilhões de reais que serão repassados aos municípios, oriundos de indenização ao povo mineiro imposta à empresa Vale do Rio Doce referente ao acordo firmado pela reparação dos danos humanos e ambientais causados pela tragédia de Brumadinho, onde a empresa mantinha barragem de rejeitos de minério que se rompeu em janeiro de 2019; a avalanche de lama vitimou 270 pessoas, das quais 11 continuam desaparecidas, de acordo com a contagem oficial.   
 
“Agradecemos aos nossos os deputados, que lutaram muito para que houvesse uma divisão justa com todo o povo mineiro e para o desenvolvimento e progresso do Estado”, disse Bitencourt em postagem em sua página em rede social. “Onde vai ser gasto, estaremos fazendo uma reunião com o secretariado, para ver as opções e as prioridades do município”, complementou.  

O projeto de Lei 2.508/21 aprovado pela Assembleia Legislativa de Minas Gerais (ALMG) em 15 de julho visa garantir a destinação do montante  acima para todos os 853 municípios mineiros. Wenceslau Braz receberá R$ 750 mil, valor que será depositado em três parcelas: uma de 40% (31 de agosto),  outra de 30% até 31 de janeiro do ano que vem,  e o restante, também de 30%, até 1º de julho de 2022. Parte do recurso será destinada diretamente às famílias atingidas e à recuperação econômica e ambiental da região atingida. Os recursos virão de forma direta, para que cada prefeito possa usar o recurso de acordo com as necessidades mais urgentes.  
 
O valor que cada município irá receber é determinado de acordo com o número de habitantes das cidades: abaixo de 5 mil habitantes (R$ 750 mil); de 5.001 a 15 mil habitantes (R$ 1 milhão); de 15.001 a 25 mil (R$ 1,5 milhões); de 25.001 a 50 mil (R$ 2,5 milhões);  de 50.001 a 100 mil (R$ 5 milhões); de 100.001 a 200 mil (R$ 7 milhões); de 200.001 a 500 mil (R$ 15 milhões); acima de 500 mil habitantes (R$ 30 milhões). A capital Belo Horizonte receberá R$ 50 milhões.  Poços de Caldas e Pouso Alegre, as duas maiores cidades da região sul de MG, receberão R$ 7 milhões; Itajubá receberá R$ 5 milhões. 

 
 
 
Fonte:
Autor: José Mauro Moreira
Seta
Versão do Sistema: 3.2.3 - 06/06/2022
Copyright Instar - 2006-2022. Todos os direitos reservados - Instar Tecnologia Instar Tecnologia