Ir para o conteúdo

Prefeitura de Wenceslau Braz - MG
Acompanhe-nos:
Rede Social Facebook
Notícias
Enviar para um amigo!
Indique essa página para um amigo com seus dados
Obs: campos com asterisco () são obrigatórios.
Enviando indicação. Por favor, aguarde...
MAI
18
18 MAI 2022
ASSISTÊNCIA SOCIAL
PASSEATA MARCA DATA NACIONAL DE CONSCIENTIZAÇÃO CONTRA ABUSO E EXPLORAÇÃO DE MENORES
enviar para um amigo
receba notícias
Conselheiras tutelares, professores, alunos, diretores e secretários participaram da manifestação. O prefeito Edvaldo Bitencourt e a primeira-dama  Ana Cláudia também prestigiaram o evento.
Na manhã desta quarta-feira (18 de maio) o Centro de Referência de Assistência Social (CRAS-WB), em parceria com o Conselho Tutelar de Wenceslau Braz, promoveram – em sintonia com Data Nacional – passeata de conscientização contra o abuso e exploração sexual de crianças e adolescentes. Servidores, professores, alunos e secretários participaram da manifestação, assim como o prefeito Edvaldo Bitencourt e a primeira-dama Ana Cláudia, que também prestigiaram o evento. (fotos: Paulo Dotta).

O roteiro teve saída programada da entrada principal da cidade, no centro, fez uma parada em frente à sede da Prefeitura Municipal, seguiu rumo à rodovia BR-459 e retornou ao ponto de partida. Faixas e cartazes confeccionados por conselheiras tutelares de WB para a manifestação deram um colorido especial à passeata, que teve o monitoramento feito por viatura da PM.
 
A campanha tem como símbolo uma flor amarela, como uma lembrança dos desenhos da primeira infância, além de associar a fragilidade de uma flor com a de uma criança. A proposta  do “18 de maio” é destacar a data para mobilizar, sensibilizar, informar e convocar toda a sociedade a participar da luta em defesa dos direitos sexuais de crianças e adolescentes.
 
Embora abuso sexual e exploração sexual sejam crimes de violência sexual combatidos nesta data, eles possuem significados diferentes. O abuso sexual acontece quando um adulto pratica ato libidinoso com uma criança ou adolescente, o que normalmente acontece por parentes ou pessoas próximas à família. A exploração sexual consiste em usar a criança ou o adolescente como meio de faturar dinheiro, oferecendo o menor de 18 anos como “instrumento” de satisfação sexual.
 
O Dia Nacional de Combate ao Abuso e à Exploração Sexual de Crianças e Adolescentes é lembrado neste 18 de maio com diversas ações realizadas do Governo Federal sobre a importância do enfrentamento à violência. A data foi instituída em 2000 pelo projeto de lei 9970/00 e tem relação com assassinato de Araceli Crespo, uma menina de oito anos que foi drogada, estuprada e morta por jovens de classe média alta, em18 de maio de 1973, em Vitória (ES).  
 
No Brasil, há um serviço para registro de denúncias de jovens que se sintam ameaçados ou que sofreram qualquer tipo de abuso ou exploração sexual, o Disque 100. O serviço, disponibilizado pela Secretaria dos Direitos Humanos da Presidência da República, é gratuito. Vale destacar que as denúncias são anônimas e o serviço está no ar 24h, incluindo fins de semana e feriados. Segundo o Estatuto da Criança e do Adolescente (ECA), outra forma de comunicar a violência é entrar em contato com o Conselho Tutelar da sua cidade.
 
 
Fonte:
Autor: José Mauro Moreira
Local:
Seta
Versão do Sistema: 3.2.8 - 16/11/2022
Copyright Instar - 2006-2022. Todos os direitos reservados - Instar Tecnologia Instar Tecnologia